Construção de casas

O que é uma base de parafuso. As principais características da base de parafuso com suas próprias mãos: ereção passo a passo

Ao fazer um projeto para um futuro edifício, é muito importante escolher a base certa para ele. No artigo de hoje, vamos nos concentrar na fundação do parafuso e em seus recursos. Tendo considerado todas as vantagens e desvantagens de tal fundação, podemos entender se e quando ela deve ser usada. Vamos redigir uma instrução passo a passo para a construção de uma base de parafuso com nossas próprias mãos.

Índice:

Fundação DIY em estacas de parafuso. Desvantagens e vantagens do design

Uma fundação de parafuso é a melhor opção para uma fundação para solo do tipo levantado. É uma estrutura de pilha de parafusos pré-fabricada que se parece com parafusos grandes. Devido às suas propriedades, esses suportes são resistentes ao congelamento do solo e podem ser colocados em diferentes profundidades..

A pilha do parafuso é um dispositivo com uma extremidade pontiaguda e possui um elemento de corte (lâmina) na parte inferior do tubo. Devido a esta forma, os suportes podem ser facilmente colocados (aparafusados) no solo com diferentes níveis de resistência. As estacas deste tipo são utilizadas tanto em estaleiros de pequena como em grande escala. As estacas de parafuso têm uma série de vantagens, tais como:

  • capaz de resistir ao levantamento do solo;
  • Eu compacto o solo;
  • são distinguidos por um alto indicador de estabilidade.

Devido ao seu desenho, se necessário, podem ser construídas estacas roscadas (com uma camada profunda de tipos de solo duro) e laminadas a uma profundidade considerável. A parte superior desses suportes é rigidamente fixada com reforço e vigas metálicas. A tabela mostra os tipos de estacas de parafuso em relação às suas características de projeto.

Variedades de pilhas de parafusos
Elenco As estruturas são equipadas com olhais fundidos, devido aos quais a instalação de suportes pode ser realizada mesmo em solo congelado, sem a utilização de equipamentos especiais.
Soldado Estruturas soldadas são destinadas a solos de baixa densidade. Eles são fáceis de montar e muito mais baratos..

Os suportes de parafuso estão disponíveis em vários revestimentos resistentes à corrosão. O mais eficaz é o revestimento de polímero, mas é muito difícil de aplicar no metal. Há também galvanização a frio, revestimento à base de resina de poliuretano, galvanização por imersão a quente, revestimento de epóxi, etc..

Está provado por muitos anos de prática que 20% do orçamento para a construção de uma casa é o custo do material e da obra com a fundação. Para reduzir custos, uma base de parafuso é uma boa alternativa. Esta é uma das vantagens deste tipo de fundação. Algumas das suas vantagens incluem:

  • rapidez e simplicidade do processo de instalação;
  • não requer a fabricação de uma base;
  • não há montagem de cofragem;
  • isolamento adicional não é necessário;
  • a capacidade de trabalhar em qualquer época do ano;
  • a presença de ventilação do subsolo;
  • a capacidade de desmontar qualquer um dos elementos estruturais;
  • pequenos canteiros de obras não requerem o uso de equipamentos especiais;
  • não há atrasos, uma vez que a construção de paredes é possível imediatamente após a instalação da fundação.

Uma série de desvantagens de uma fundação de parafuso incluem:

  • impossibilidade de instalação sobre rochas;
  • susceptibilidade das estruturas à corrosão;
  • limitar a carga na base;
  • em caso de instalação inadequada, as estacas roscadas podem cair no solo ou, ao contrário, ser tecidas a partir do solo.

Quando uma fundação de parafuso é usada

A gama de aplicação das estacas de parafuso é ampla o suficiente. Eles são usados ​​para construir fundações para estruturas temporárias, cabanas, banhos, gazebos, etc. Em geral, podemos dizer que uma fundação de parafuso é uma excelente escolha para construções baixas. Um suporte deste tipo bem montado pode suportar o peso total da estrutura de até 50 toneladas. Ao mesmo tempo, pilhas de parafusos de alta qualidade suportam até 9 toneladas.

A fundação parafuso será uma excelente alternativa para edificações em áreas florestais, em encostas costeiras, berços de rios, etc. A instalação de tal fundação não requer um relevo uniforme, pode ser realizada em quase todos os tipos de solo, além disso, não agride a natureza e complementa bem qualquer paisagem..

Especialistas observam a utilização de estacas-parafuso na construção de estruturas provisórias, pois caso este tipo seja desnecessário, os suportes podem ser facilmente desmontados..

Características do projeto do parafuso

Pelas suas características de design, a fundação aparafusada ganhou grande popularidade na construção civil, nomeadamente em locais com condições climáticas imprevisíveis, níveis freáticos elevados e relevo atípico. De acordo com o critério de projeto, as estacas-parafuso são geralmente divididas em lâmina larga e lâmina estreita.

Os elementos de lâmina larga, por sua vez, são divididos em de uma volta e de duas voltas. O primeiro tipo é uma peça, em forma de tubo de aço, que no final apresenta uma única volta de lâmina helicoidal. No topo da estrutura são feitos orifícios especiais para fixação e uso de broca. As estacas de uma volta são mais frequentemente usadas na construção de cercas e fundações para pequenas instalações comerciais e privadas. O segundo tipo – estacas de lâmina larga de duas voltas têm sido utilizadas no canteiro de obras de casas de dois andares, em locais com solo problemático. O final de tais estruturas consiste em duas expansões de giro, devido ao qual o suporte é mais estável ancorado no solo..

Os designs de lâmina estreita são multivoltas e tubulares. A primeira opção é uma peça com ponta afiada. Devido a isso, as estacas multivoltas são utilizadas ao trabalhar com solos de alta densidade. A segunda opção é usada no inverno, para trabalhar com solo congelado. A fixação adicional de tais suportes ocorre devido a furos especiais no tronco da estrutura, nos quais o solo penetra e torna a estaca mais estável.

A opção necessária para pilhas para instalação “faça você mesmo”

Ao escolher estacas para construir uma fundação com suas próprias mãos, você precisa levar em consideração uma série de nuances. Em primeiro lugar, você deve perguntar ao fabricante do material, existem diferenças entre os elementos nacionais e importados que podem não ser adequados para o trabalho em uma determinada área. Em segundo lugar, não se esqueça da espessura da parede da estaca. Este é exatamente o caso quando a espessura do material garante o serviço a longo prazo da estrutura. O terceiro critério de seleção pode justamente ser denominado o principal, uma vez que diz respeito às dimensões das estacas. No mercado da construção existem estacas roscadas com diâmetros de 57 mm a 219 mm. Esta escolha é governada pelo conhecimento dos parâmetros e capacidade de carga do futuro edifício. Para estruturas de tamanho médio, é melhor comprar estacas de parafuso com um diâmetro de 108 mm.

Cálculo do tipo “faça você mesmo” e design de uma estrutura

Para a construção de uma fundação aparafusada para uma casa, é considerada obrigatória a chamada de um geólogo, que fará um exame do solo no local previsto para a construção. Só depois de esclarecer pontos como:

  • tipo de solo;
  • características climáticas;
  • o nível de congelamento do solo;
  • nível do lençol freático;

Você pode criar completamente um projeto para a estrutura futura. É importante consultar imediatamente um profissional e calcular o peso estimado de todo o edifício, para o qual está a ser preparada a base roscada. Ao fazer cálculos preliminares, não perca o momento do coeficiente de cargas adicionais de uma possível precipitação. De acordo com os dados recebidos, o proprietário poderá adquirir para a construção as estacas mais adequadas ao projeto. Com antecedência, você precisa ter uma planta de toda a casa, sob a qual uma fundação de estacas de parafuso é colocada, a fim de planejar todos os detalhes de instalação.

As principais etapas do trabalho de instalação de estacas com as próprias mãos

A instalação de estacas roscadas para a fundação é um processo bastante responsável que exige o cumprimento das regras. Antes da montagem principal da estrutura, deve-se realizar o chamado trabalho preparatório: reunir todas as ferramentas e materiais adicionais necessários. Esses incluem:

  • níveis magnéticos e de água;
  • grande roleta;
  • Búlgaro;
  • máquina de solda;
  • sucatear;
  • tubos de metal;
  • estacas para marcação do local e cordão;
  • conjunto de eletrodos;
  • pá;
  • furadeira;
  • planta do local de construção, desenhos.

Vale a pena preparar com antecedência tinta para metal, para fins especiais.

Existem duas maneiras de instalar as estacas de parafuso: manualmente e usando equipamento profissional. Se o método manual for escolhido, mais de um par de mãos será necessário para funcionar. Também vale a pena cuidar com antecedência dos acessórios para tampar os suportes..

A instalação da fundação do parafuso ocorre em várias etapas. A prática mostra que três a quatro pessoas, por dia, podem instalar livremente de 5 a 6 suportes. As instruções de instalação para uma base de estaca de parafuso são assim:

Etapa 1. No local planejado, usando uma estaca e uma corda, desmembramos o território para a criação de uma fundação. Artesãos experientes recomendam dividir o local em retângulos idênticos, o que permitirá, com maior precisão, distribuir uniformemente as estacas em todo o perímetro, de forma que a carga seja igual em todos os suportes..

Etapa 2. Nesta etapa, inicia-se a instalação da estaca. Para isso, em um local demarcado, com uma pá, é retirada a camada superior da terra. Não há necessidade de fazer covas profundas para os suportes, sua principal função construtiva, não para destruir a cobertura do solo, mas simplesmente para afundar nela. O trabalho de instalação da primeira estaca roscada (bem como das demais) requer o uso de água e níveis magnéticos. O primeiro serve para detectar a diferença de altura do solo, o segundo ajuda a determinar os desníveis ao aparafusar o suporte. Deve-se entender que a robustez e estabilidade da edificação dependem da correta instalação dos apoios, portanto, os profissionais dão conselhos práticos para iniciantes neste ramo, para instalar as estacas angulares por sua vez e só então trabalhar no resto.

Etapa 3. Após a instalação, as estacas são concretadas. Isso é necessário para fixação adicional do suporte no solo e para proteção contra danos prematuros por corrosão do metal. Para compactar a solução de forma que nenhuma bolha de ar permaneça nela, vale a pena usar dispositivos de vibração. Com a ajuda de uma esmerilhadeira, de acordo com o nível, as partes superiores dos suportes são cortadas. Depois disso, os cabeçotes são fixados em cada um deles com uma máquina de solda, e você pode prosseguir para a chamada cintagem.

Etapa 4. A cintagem da fundação é feita de uma barra de madeira chamada gradeamento. É melhor adquirir material de coníferas para esse fim, pois são altamente resistentes ao processo de apodrecimento e têm a propriedade de um anti-séptico natural. Para a resistência da estrutura, a seção transversal do suporte de madeira deve ser maior que 15 cm * 15 cm. Na compra de uma madeira para cintagem, é melhor tomar seu valor com uma margem de cerca de 10%. Preste atenção também ao estado do material de madeira, o principal é que esteja completamente seco e não saturado de umidade, caso contrário, o gradeamento de madeira de baixa qualidade desmoronará rapidamente. Para a instalação de guarnições de madeira, são utilizados os métodos roscado e universal (com grampos), as estruturas metálicas são montadas por soldagem. Na fase de montagem da cintagem, tais ferramentas e materiais adicionais serão necessários: âncora, nível, fita métrica, feltro de telhado, parafusos auto-roscantes, cantos de metal, um martelo, etc. Para mestres iniciantes, é melhor se familiarizar com alguns conselhos de especialistas sobre a instalação da tubulação.

Para mais informações, assista ao vídeo: