Equipamento elétrico, luz, iluminação

Substituindo medidores de eletricidade com suas próprias mãos

A reconstrução da parte elétrica de uma casa ou apartamento, em particular, a substituição de um medidor de eletricidade, às vezes se torna um obstáculo. Muitos se deparam com questões jurídicas e técnicas, cujas respostas são descritas no artigo.

Substituindo um medidor de eletricidade antigo: documentos necessários e procedimento de aprovação

A necessidade de substituir o medidor de eletricidade pode ser devido a vários motivos: quebra do medidor antigo, transição para um novo modelo, vida útil do dispositivo expirada. A substituição do medidor requer a aprovação dos representantes de serviço de rede.

Importante! A substituição obrigatória de medidores de eletricidade é realizada se a classe de precisão do dispositivo for superior a 2

Para entender se é necessário trocar o medidor antigo, é necessário comparar suas características com os padrões fornecidos na Tabela de Informações:

Compare as informações obtidas com a tabela. Caso os dados não estejam de acordo com os requisitos da documentação técnica, é necessário substituir o medidor.

O procedimento geral para concordar com a substituição de um dispositivo de medição:

Importante! Ao substituir o contador do apartamento, você precisará fornecer uma cópia do contrato celebrado com o Gabinete de Habitação.

Às vezes, há questões controversas sobre quem deve pagar pela substituição do medidor. Moradores de casas que são de propriedade municipal podem contar com reposição gratuita de medidores de energia elétrica. A substituição de um dispositivo de medição em uma casa / apartamento privatizado é paga pelo proprietário do imóvel.

Como escolher um medidor elétrico. Classificação de aparelhos elétricos

Antes de comprar um medidor, você precisa entender sua estrutura e princípio de operação. Não nos aprofundaremos nas características técnicas do aparelho elétrico, iremos designar os principais parâmetros aos quais você deve prestar atenção.

Medidores de indução e eletrônicos. Os modelos de indução possuem duas bobinas: tensão e corrente. O campo magnético das bobinas gira o disco, que aciona o mecanismo de cálculo da energia consumida. Quanto mais aparelhos elétricos estiverem conectados, quanto mais alta a corrente e a voltagem, mais rápido o disco gira e o contador aumenta.

As vantagens dos medidores de indução são longa vida útil (cerca de 15 anos) e confiabilidade operacional. Medidores mecânicos (indução) são os mais populares.

Drogas eletrônicas apareceram mais tarde. Não possuem elementos móveis e o cálculo do consumo de energia é feito por meio de semicondutores ou microcircuitos. Os sensores de tensão transmitem dados sobre a quantidade de eletricidade usada. Esses medidores são um pouco mais caros do que os mecânicos, mas suas leituras são mais precisas. Vantagens adicionais dos medidores eletrônicos:

  • a possibilidade de medição multi-tarifária;
  • facilidade de leitura de dados – presença de indicador digital;
  • é difícil implementar tentativas de roubar eletricidade.

As principais desvantagens do medidor elétrico: alto custo e vida útil limitada.

Ambos os tipos de balcão são apresentados em lojas russas. Indivíduos e organizações estão usando ativamente modelos eletrônicos e de indução. Nos passaportes da maioria dos medidores elétricos, um período contínuo de operação é indicado – 15 anos. No entanto, nenhuma amostra funcionou tanto até agora, porque há 15 anos esses modelos ainda não eram produzidos. A vida útil de um contador mecânico bate recordes – mesmo depois de 50 anos, muitas cópias se enquadram em um determinado nível de precisão e não saem de outros parâmetros.

Medidor monofásico ou trifásico. Para alimentação de apartamentos e residências, via de regra, são utilizados medidores monofásicos. A potência nominal das redes domésticas com uma tensão de 220 V é de cerca de 3-7 kW. Considerando que 1 kW de potência corresponde a uma corrente de circuito de 4,5 A, você pode calcular a corrente para a qual um dispositivo monofásico foi projetado – 13-32 A.

Os medidores trifásicos são amplamente utilizados para medir o consumo de eletricidade em empresas industriais, serviços públicos, assentamentos caseiros, onde a entrada é permitida apenas por meio de um sistema trifásico.

Um medidor trifásico de alta qualidade tem as seguintes características:

  • a presença de um tarifador interno – um medidor de data e hora que gera uma programação de carga e gerencia as transições tarifárias;
  • perfil de potência embutido – com repartição por tempo, lembra a potência mais alta por um determinado período;
  • disponibilidade de uma interface de comunicação para transmitir leituras para um computador ou centro de comunicação;
  • registro de eventos para registrar sobretensões e picos em cada fase, mudanças na energia ativa e reativa, falha de energia prolongada e quedas de tensão.

Além dos parâmetros listados, ao escolher um novo medidor, você deve levar em consideração:

Importante! Para substituir o medidor de eletricidade em um apartamento, casa, escritório e outras instalações, é necessário selecionar os dispositivos incluídos no Registro Estadual de Instrumentos de Medição da Rússia. Cada dispositivo aprovado pelos padrões russos é registrado no registro sob um número único.

Requisitos gerais para a instalação de um medidor elétrico

Antes de instalar novos ou substituir medidores de eletricidade antigos, é necessária uma preparação cuidadosa da sala onde o medidor será instalado. Muitos indicadores afetam a precisão e durabilidade do medidor:

  • flutuações de temperatura;
  • vibrações de vários tipos;
  • a composição do ar ambiente;
  • nível de umidade, etc..

Listamos os pré-requisitos para a colocação de medidores de eletricidade:

  • o quarto deve estar seco;
  • faixa de temperatura permitida – de + ° С a + 40 ° С;
  • as superfícies nas quais o medidor está localizado devem ter um grau de rigidez aceitável, não vibrar, não se mover e não se deformar;
  • a colocação do equipamento em placas de plástico, metal e madeira é permitida;
  • fixação – exclusivamente em superfície vertical;
  • distância permitida do dispositivo de medição ao chão – 80-170 cm, ideal – colocação ao nível dos olhos;
  • a inclinação do medidor não deve ser superior a 1 °, caso contrário, o erro de leitura aumentará (este requisito é relevante para modelos mecânicos);
  • o tamanho do painel, gabinete, nicho onde o medidor está instalado é selecionado para que o acesso ao dispositivo e a leitura das leituras não sejam difíceis;
  • ao conectar o fio, é necessário descascar pelo menos 12 mm;
  • é necessário prever a presença de interruptores automáticos do dispositivo – eles serão necessários no futuro ao substituir ou reparar o medidor.

Substituição de um medidor de eletricidade antigo por um novo: procedimento

Medidor de eletricidade monofásico

Para instalar um medidor elétrico, você pode adquirir um quadro elétrico pronto e equipado com os elementos necessários. A segunda opção é adquirir todos os componentes separadamente, a saber:

  • contador;
  • caixa de plástico / madeira / metal para colocar equipamentos;
  • trilho DIN;
  • interruptores automáticos;
  • cabo de três núcleos (diâmetro mínimo de 3 mm);
  • interruptores automáticos;
  • parafusos de aço inoxidável com cabeça larga, como opção, buchas de plástico são adequadas.

O diagrama geral de conexão de um medidor monofásico é o seguinte.

O procedimento para substituir o medidor de eletricidade:

Medidor de eletricidade trifásico

Em locais com alto consumo de energia, são instalados dispositivos de medição com sistema trifásico. Esses medidores na saída não dão 220 V, mas 380 V, necessários para o funcionamento de alguns equipamentos de produção. Medidores trifásicos eliminam quedas de tensão na sala onde estão instalados, bem como em edifícios vizinhos.

É melhor montar esses medidores em blindagens especiais com plataforma e fixação por 3 parafusos. A instalação de equipamentos é semelhante à conexão de medidores de eletricidade monofásicos. O diagrama é parecido com este:

Importante! Novas cópias de medidores eletrônicos são equipadas com um add-on que conecta um sistema para transmissão remota de leituras. Essa funcionalidade fornece contatos adicionais..

Ato de substituição do medidor de eletricidade

Após a conclusão do trabalho de instalação, a Lei de Substituição do Medidor é elaborada em duas vias. O documento contém as seguintes informações:

  • nome do alimentador onde foi realizada a substituição;
  • tipo, ano de fabricação, número de série e classe de precisão do novo dispositivo;
  • data da última verificação dos medidores antigos e novos;
  • leituras de medidores de eletricidade;
  • eletricidade não contabilizada para o período de substituição do equipamento;
  • razões de substituição.

Montar um quadro elétrico e instalar um medidor não é a coisa mais fácil. Durante o processo de instalação, você precisa abordar com competência e cuidado a conexão dos fios. Os fabricantes de medidores elétricos na tampa do bloco de terminais indicam um diagrama de fiação detalhado que deve ser seguido..

Substituição do medidor de energia elétrica na rua: vídeo