Móveis e itens de interior

Arranjo de móveis no quarto

O verdadeiro propósito do quarto exige uma abordagem particularmente cuidadosa em seu planejamento e design. A criação de um ambiente calmo e pacificador é uma das nuances importantes da correta disposição da casa de banho, cujo ambiente se tornará no futuro o principal componente do bem-estar psicológico dos proprietários. Os especialistas afirmam que o layout e o design interior de um quarto são determinados por seus parâmetros iniciais, como a forma, o tamanho e o grau de iluminação, dos quais dependem as táticas do designer e sua posterior sequência de ações. Também é importante levar em consideração as preferências pessoais dos proprietários, que, claro, têm suas próprias ideias sobre conforto e aconchego. Se a divisão é caracterizada por uma área imponente, e a sua correta configuração permite organizar os móveis da divisão de acordo com as regras básicas de ergonomia, isso simplifica muito a tarefa dos proprietários. Mas o que fazer se o cômodo estiver com uma configuração incorreta e sua área limita antecipadamente ao mínimo a quantidade de móveis necessários? Neste artigo, forneceremos respostas abrangentes a essas e outras questões problemáticas relacionadas à localização dos móveis no quarto..

Arranjo ergonômico de móveis

Para organizar os móveis dos quartos da maneira mais ergonômica possível, você precisa começar com um estudo aprofundado do esboço, criando o qual, os especialistas aconselham você a prestar atenção até mesmo nos detalhes aparentemente mais insignificantes, como a localização dos interruptores em a sala. Além disso, os especialistas afirmam que todas as nuances do layout do quarto estão em relação direta com o local de dormir, cuja localização determina a seqüência posterior de medidas para a disposição do quarto..

Assim, para a disposição dos móveis do quarto, levando em consideração todas as regras da ergonomia, é necessário começar a preparar uma planta que reflita com maior precisão a localização posterior dos principais objetos do móvel. Ao criar um projeto de dormitório, é importante ter atenção especial para garantir que a distância entre os móveis seja mínima, e se o cômodo for caracterizado por uma área pequena, essas distâncias devem ser reduzidas ao mínimo, nem mesmo prestando atenção ao fato de que você tem que lidar com os inconvenientes que surgiram. No entanto, é importante lembrar que, com uma abordagem competente para traçar um esboço de controle de uma sala, todos os inconvenientes que surgem podem ser minimizados..

Regras básicas da ergonomia do quarto: no que prestar atenção?

Regra 1

A distância mínima das laterais da cama à parede ou móveis próximos, com exceção das mesinhas de cabeceira, deve ser de no mínimo 70 cm, o que permitirá que você se locomova pelo quarto sem nenhum inconveniente. Se seus planos incluem colocar uma cama de casal no quarto, então essa distância deve ser deixada dos dois lados, o que facilitará muito a limpeza da cama e a troca da roupa de cama. No caso de a área do quarto excluir a configuração de uma cama de casal, é recomendável colocá-la de forma que um de seus lados fique em contato com a parede. Nesse caso, é necessário prever a presença de uma distância livre ao pé da cama para que um dos membros da família que dorme encostado na parede possa se levantar facilmente da cama sem atrapalhar o sono da companheira..

Regra # 2

A regra será especialmente verdadeira para quem pretende colocar uma penteadeira no quarto. Para se sentar confortavelmente na penteadeira, você precisa saber que a distância entre ela e as peças de mobiliário adjacentes não deve ser inferior a 70-80 cm, desde que a folga não seja passagem. Se você planeja mover-se entre a penteadeira e as peças de mobília adjacentes, o corredor deve ser um pouco mais largo..

Regra No. 3

Para a comodidade de usar um guarda-roupa ou cômoda, ao instalá-lo, você também precisa conhecer uma determinada regra, segundo a qual a distância entre o guarda-roupa é calculada de acordo com a seguinte fórmula: porta do armário aberta + 30-35 cm adicionais.

Regra No. 4

Os especialistas não recomendam bloquear o espaço em frente à janela, dificultando o acesso. Isso só é possível quando não é possível implementar todas as opções de disposição dos móveis no quarto. Do contrário, logo ficará convencido de que haverá dificuldades adicionais para se aproximar da janela e simplesmente corrigir as cortinas, sem falar em abri-las, ou ainda mais para lavá-las..

Apesar de uma série de regras que é aconselhável seguir ao traçar um plano para a disposição dos móveis no quarto, os especialistas estão convencidos de que todas as regras são exceções. Por exemplo, no caso em que a vista da janela não é suficientemente perceptível, os designers aconselham o recurso a fechar a janela com um toucador largo ou uma cama de casal, e dar às cortinas um formato rígido, deixando uma pequena área livre para desimpedir abrindo e fechando a janela.

Disposição de móveis na foto do quarto

Disposição do quarto: a cama é o elemento central do quarto

Sem dúvida, a cama desempenha um papel fundamental no quarto. Nesse sentido, o local para sua localização ideal é selecionado com muito cuidado. Organizando peças menores de mobília, os designers sugerem focar na localização da cama, que será a chave para o layout do quarto mais lucrativo. Se você vai alocar um cômodo separado para um quarto, é ainda mais importante decidir a localização e os parâmetros da cama. Como mostra a prática, um dos principais parâmetros da cama, que afeta a localização dos móveis secundários no quarto, é sua largura..

Os especialistas aconselham a escolha da maior cama que um quarto equipado como quarto pode acomodar. Claro, é necessário levar em consideração as dimensões do restante do móvel que se pretende colocar no quarto, mas, no entanto, a cama deve ser o maior possível, levando em consideração os parâmetros dos móveis secundários.

Móveis de quarto típicos

Apesar de a cama ser um atributo necessário de qualquer quarto, os designers não aconselham o esquecimento de outros elementos do interior do quarto, que também são difíceis de dispensar..

Um conjunto típico de móveis de quarto inclui os seguintes itens:

  • Mesas de cabeceira ou mesas de cabeceira;
  • Pufes ou pequenos sofás macios aos pés da cama;
  • Guarda-roupa ou cômoda (ambos os elementos podem estar presentes ao mesmo tempo);
  • Penteadeira.

Todos esses elementos, na verdade, são secundários, mas se você não estiver limitado pela área, os especialistas aconselham não abandonar os atributos acima do quarto, uma vez que cada um deles tende a cumprir um propósito especial. Todo mundo sabe que além do descanso, o quarto é pensado para se preparar para um novo dia, por isso é necessário prever a arrumação de uma área de vestir, que pode ser representada como um camarim separado, ou um camarim especial. área designada no quarto, o centro da qual é um guarda-roupa.

  • Também é bem-vindo no quarto para ter uma pequena poltrona ou um banquete no qual você pode dobrar um cobertor da cama e travesseiros decorativos..
  • Se não se limitar a uma pequena área, pode facilmente aumentar a funcionalidade do quarto equipando-o, para além de um toucador, um pequeno recanto desportivo, uma área de leitura ou de chá.
  • Você também pode colocar uma TV ou painel de plasma no quarto. Se, enquanto estiver no quarto, você não pretende desistir de assistir TV ou filmes, é imprescindível traçar um plano de localização das tomadas elétricas..

Mobiliário adicional para o quarto: como aumentar a funcionalidade da divisão?

Se a área permitir, uma área de estar adicional pode ser organizada no quarto, que pode ser equipada em um canto livre. O principal móvel para sua disposição é uma poltrona, perto da qual você pode colocar uma pequena poltrona confortável para seus pés, bem como uma mesa de centro e uma luminária de chão. Esta solução irá agradar especialmente àqueles que gostam de ler ou tricotar no quarto..

Uma boa solução para quem gosta de se vestir no quarto é a instalação de um espelho psiche, que se caracteriza pela facilidade de uso (antes de ir para o trabalho você se vê em pleno crescimento) e design de mobilidade, graças ao qual pode ser reorganizado de uma sala para outra.

Layout do quarto: regras de layout da cama

Tendo familiarizado o leitor com as regras básicas para a disposição dos móveis em um quarto retangular, consideramos necessário destacar com mais detalhes todas as nuances da localização de cada peça individual do móvel e, sem dúvida, começaremos pela cama..

Num quarto amplo e espaçoso, recomenda-se a instalação da cama com a cabeceira encostada à parede, sendo preferível àquela que se caracteriza pela ausência de janelas e portas abertas. Na hora de colocar a cama, é aconselhável levar em consideração o fato de que, de acordo com as regras de ergonomia, ela deve ficar localizada quase no meio do quarto. Isso é mais preferível tanto do ponto de vista da simetria, quanto do ponto de vista da simetria, e do movimento confortável ao redor da sala. É importante lembrar que em um quarto caracterizado por grandes dimensões, é aconselhável abandonar a disposição dos móveis em torno do perímetro para evitar o “efeito caixa”.

  • A disposição dos móveis em um pequeno quarto tem características próprias, que também devem ser levadas em consideração. Em um quarto pequeno, a cama de casal deve ser posicionada de forma a permitir a passagem desobstruída para qualquer um dos locais de dormir, e também não negligenciar o espaço livre na área dos pés da cama.
  • Se o seu quarto foi projetado para uma pessoa que planeja se contentar com uma cama de solteiro ou uma cama e meia, então tudo é muito mais simples aqui: basta deixar uma abordagem desobstruída de um lado da cama e virar o outro com o estribo ou lateral para a parede.
  • A disposição dos móveis em um quarto estreito é um pouco diferente do anterior. Se o seu quarto for estreito e comprido, é melhor colocar a cama perpendicular à parede longa. Porém, se houver um espaço entre a parede e os pés da cama um pouco menor que os padrões acordados (70 cm), é melhor colocar a cama paralela à parede longa, levando em consideração o fato de que pelo menos 70 cm permanecerão perto de cada um dos locais de dormir.

  • Fornecido ao mesmo tempo um quarto pequeno e estreito, a disposição diagonal da cama será relevante, cujo objetivo é fornecer uma passagem desobstruída para qualquer um dos locais de dormir. Do ponto de vista dos designers, a localização da cama, desenhada para dois, na diagonal altera visualmente a geometria do espaço interior do quarto, visualizando um conceito qualitativamente novo do quarto. A disposição diagonal de uma cama de solteiro também é frequentemente praticada por designers que, por meio dessa técnica, buscam o objetivo de liberar a passagem para a janela..

Para dar ao quarto um ambiente íntimo, os psicólogos aconselham colocar a cama de forma que não seja totalmente visível para quem está à entrada do quarto..

A localização de móveis secundários no quarto: técnicas de design atuais

A peça de mobiliário mais comum instalada no quarto é um guarda-roupa, e sua posição correta na sala também não é de pouca importância no interior holístico do quarto. Se o armário não tiver portas espelhadas, é melhor colocá-lo no canto mais distante, onde ficará praticamente escondido de olhares indiscretos. Tratando-se de divisão livre, é preferível dar preferência a um roupeiro embutido, para cuja instalação não é necessária a construção de estruturas complexas. Esta tarefa é bastante viável se você comprar um armário cuja largura corresponda ao comprimento da parede, pois um armário que ocupe toda a parede criará o efeito de ausência de qualquer móvel e se parecerá com uma parede livre.

A penteadeira deve ficar perpendicular à abertura da janela, enquanto para os destros a janela deve ficar à esquerda e para os canhotos à direita, o que não interferirá com a luz natural no local preferido das senhoras. aplicar maquiagem.

Para quem se veste no quarto, não será supérfluo ter um espaço livre entre o guarda-roupa e o espelho, o que facilitará muito os preparativos matinais, ao passo que pisar constantemente até mesmo em um pequeno pufe causará, sem dúvida, um estresse matinal adicional..

Opções alternativas: como economizar espaço?

Para economizar muito espaço em um quarto pequeno, você pode abandonar as mesas de cabeceira sem perdas, substituindo-as por prateleiras localizadas ao lado da cama. E ao colocar uma luz noturna ou um abajur nestas prateleiras, você não só vai economizar espaço, mas também iluminar o interior favoravelmente, poupando-o de detalhes desnecessários..

Ao comprar um guarda-roupa com cômoda embutida, você pode passar sem uma cômoda sem problemas e, ao pendurar um espelho na parede e adicionar uma prateleira a ele, você também pode recusar uma penteadeira. Prateleiras suspensas são outra alternativa econômica para uma cômoda. A cadeira ou cadeira em frente à penteadeira pode ser substituída por um pequeno pufe que ocupa menos espaço.

O armário também não é um elemento necessário do quarto, uma vez que se possui uma cama de plataforma, complementada por gavetas para guardar a roupa de cama, pode guardar a sua roupa de casa e a roupa de cama neste tipo de arrumação embutida. Se o seu quarto é pequeno, mas ainda precisa de um guarda-roupa, pode escolher uma excelente alternativa ao mobiliário tradicional – um guarda-roupa cujas portas de correr permitem deixar menos espaço entre ele e os elementos interiores adjacentes..

Já o espelho não deve ser colocado em frente à porta da frente, cama ou janela..