Móveis e itens de interior

Prateleiras de madeira faça você mesmo

Se sua casa não tem um espaço de armazenamento para qualquer grupo de itens, sejam livros, ferramentas de trabalho, etc., então você provavelmente teve que enfrentar o fato de que, à medida que o número aumentava, o apartamento começou a ficar gradualmente desordenado. À primeira vista, basta equipar uma despensa ou um armário adicional, no entanto, os proprietários de apartamentos de pequena dimensão nem sempre têm essa oportunidade devido à falta de espaço livre. Como organizar as coisas neste caso? A solução mais simples e prática para este problema é equipar um rack de madeira com as próprias mãos. Mas esse está longe de ser o único caso em que estantes para uso doméstico, incluindo as de madeira, podem ser úteis. A utilização da estante é adequada tanto na garagem, que, sem a devida sistematização do espaço, muitas vezes se transforma em despejo de coisas, como na varanda, onde ajudará a colocar de forma mais compacta as mudas ou plantas de interior. Além disso, com a ajuda do rack, você pode zonear o espaço. Apesar de a disposição da estante não causar dificuldades e estar disponível até para um iniciante, neste artigo iremos explicar-lhe detalhadamente como fazer uma estante de madeira com as próprias mãos..

Uso de prateleiras: variedades principais

A estante de madeira é uma estrutura de madeira espaçosa, composta por um grande número de estantes, que são fixadas em estantes especiais. Além disso, o número de camadas depende apenas das preferências individuais do proprietário. Rack de madeira pré-fabricado pode ser usado para armazenar vários itens: livros, pratos, ferramentas, etc. Ele se encaixa perfeitamente em quase todos os interiores, seja country ou clássico. A finalidade funcional das instalações nas quais uma estante de madeira será apropriada também é diversa..

  • Eles ficarão mais harmoniosos em um quarto de criança, onde, graças à presença de prateleiras abertas, as crianças podem colocar seus brinquedos de forma cómoda e, posteriormente, ter livre acesso a eles;
  • A funcionalidade de um estudo ou biblioteca também pode ser ampliada com estantes de madeira, que podem ser usadas para armazenar livros, documentos e qualquer coisinha importante;

  • Muitas vezes, a prateleira é complementada pelo interior da cozinha, onde algumas donas de casa colocam pratos, cereais ou temperos, cujo uso ocorre diariamente..
  • Um ponto essencial do uso de prateleiras de madeira é seu uso para organizar plantas e mudas de interior. Nesse caso, você precisa conhecer um pequeno truque conhecido pelos profissionais. Sabe-se que a maioria das plantas de interior, como as mudas, precisa de um aquecimento do solo quase imperceptível, o que promoverá um crescimento e uma vida eficientes. Para implementar este princípio, os fabricantes modernos oferecem estantes caras com automação, que podem ser facilmente substituídas cobrindo as estantes de madeira das estantes com espuma. Este material único, por ser um eficaz isolante térmico, é capaz de refletir a radiação térmica que se forma no solo úmido, devolvendo-o à panela e assim cumprindo o princípio do aquecimento mínimo..

Variedades construtivas de estantes de madeira:

  • Estantes fixas. O seu desenho é uma moldura constituída por prateleiras e travessas, nas quais se fixam um número suficiente de prateleiras. Para aumentar a fiabilidade e resistência de uma cremalheira fixa de madeira com as próprias mãos, cuja fotografia é apresentada a seguir;
  • Prateleiras móveis – uma opção construtiva, mais adequada para quem não consegue determinar a sua localização. Pelo fato de tais estantes serem equipadas com rodas, não há necessidade de descarregar o conteúdo durante sua movimentação;
  • Prateleiras giratórias – um design adequado para guardar várias pequenas coisas necessárias à casa: especiarias, pratos, artigos de higiene de uso diário;
  • Prateleiras suspensas – um design que permite otimizar o espaço e utilizá-lo racionalmente no futuro. É composto por várias prateleiras combinadas em uma única estrutura..

Opções originais para montagem de racks de madeira

Muitas pessoas acreditam que as prateleiras têm um design bastante primitivo, que é uma estrutura grosseira com prateleiras. No entanto, tais opções são utilizadas principalmente em uma varanda, em um subsolo ou em uma garagem, onde os móveis usados ​​devem ser duráveis ​​e práticos, enquanto para instalações residenciais os especialistas recomendam dar preferência a projetos mais originais. Por exemplo, uma estante consistindo de um par de pranchas de carvalho e várias garrafas de vidro instaladas como mostrado na foto abaixo se tornará um design bastante não trivial para o interior de uma casa. E se, à primeira vista, a estrutura não lhe parece suficientemente estável, ponha de lado todas as dúvidas e ousadamente explore-a ao máximo, armazenando não só os livros, mas também os layouts dos vinhos de colecção..

Os porta-cabos não são menos originais, para a fixação dos quais, ao contrário das estruturas tradicionais, bastam dois ganchos na parede. Claro, você não pode armazenar potes pesados ​​com espaços em branco para o inverno, mas você pode facilmente organizar fotos, lembranças, livros, pratos e outras ninharias. Os porta-cabos, por serem estruturas temporárias, também serão usados ​​para reparos nas instalações. Nesse caso, basta fazer uma estrutura a partir de restos de juncos ou laminados, fixados em corda de suspensão. A fixação da estrutura será mais fácil se houver um tubo de aquecimento sob o teto na sala onde será localizado – será suficiente amarrar uma corda nele.

Seguindo os conselhos a seguir, você pode fazer uma estante de madeira igualmente original sem parede traseira, o que será um bom complemento para um interior de estilo industrial. Para fazer isso, você precisará não apenas de pranchas de madeira, mas também de um par de canos de água, bem como de acessórios. É preciso atentar para o método original de montagem das estantes – neste caso, elas são “montadas” em tubos como uma pirâmide infantil. Devido à alta rigidez das tubulações de água, reforçadas com tees, pudemos dispensar as pernas de apoio traseiras, que são necessárias no caso de instalação de estruturas tradicionais..

Se você decidir otimizar o espaço de convivência em uma casa particular onde há uma escada que leva ao segundo andar, o espaço sob ela pode ser usado para equipar as estantes, conforme mostrado na foto.

Desenvolvimento de um desenho de uma estante de madeira: requisitos gerais

O desenvolvimento do desenho é uma etapa obrigatória e uma garantia de montagem de uma prateleira cómoda e prática. Para fazer um desenho de acordo com todos os requisitos, em primeiro lugar, é necessário medir com precisão o local onde posteriormente se localizará a estante. Se você planeja usar uma estrutura para armazenar ferramentas de trabalho ou latas com moldes de inverno, os especialistas recomendam dar preferência a formas simples. Neste caso, bastará determinar a altura do produto, que depende da altura da divisão e das preferências individuais do proprietário. Quanto à instalação de uma estante de madeira na garagem com as próprias mãos, recomenda-se fazê-lo a toda a altura da parede. A largura das prateleiras da estante depende de quais itens serão armazenados nelas – para arranjar bancos ou livros, estantes com largura de 25-40 cm são adequadas, estantes para guardar ferramentas de trabalho são montadas levando em consideração suas dimensões. O comprimento das prateleiras é outro parâmetro que depende da finalidade do rack. Se as estantes com 1,5 metros de comprimento são adequadas para guardar brinquedos, estatuetas e outras coisas pequenas, então para livros pesados ​​é necessário escolher estantes cujo comprimento não ultrapasse 90 cm, o que evitará que caiam..

Resumindo, consideraremos brevemente as recomendações gerais que devem ser seguidas no processo de desenvolvimento de um desenho:

  • A largura do rack é calculada levando-se em consideração a área livre – sua largura corresponde à largura do espaço livre, porém, para facilitar a instalação, o número resultante é reduzido em 5-10 cm;
  • A largura das prateleiras do rack não deve ser superior a 1,5 m, o que evitará sua deformação;
  • Quanto à profundidade das prateleiras, aqui o valor ideal é 50 cm.Se, apesar das recomendações dos especialistas, aumentar este valor, esteja preparado para o facto de que haverá dificuldade em retirar artigos das prateleiras distantes;
  • A altura ideal da prateleira é de 30-60 cm, enquanto a prateleira inferior pode ser um pouco mais profunda, o que é especialmente importante se você planeja armazenar itens volumosos no rack;
  • No processo de elaboração de um desenho, é necessário fazer uma estimativa aproximada do tamanho dos itens que serão colocados nas prateleiras do rack, e, levando em consideração as folgas de 10-15 cm, necessárias para colocação livre e retirada de itens do rack, calcular o comprimento de suas prateleiras;
  • Não se esqueça da regra de distribuição racional da carga. Nas prateleiras inferiores do rack, é preferível colocar as peças mais pesadas e volumosas, nas do meio – peças de peso e tamanho médio, nas superiores – peças volumosas, mas leves (caixas, roupas).

Importante! Se você planeja equipar uma estrutura para armazenar coisas em uma sala pequena, a opção mais adequada para você seria uma prateleira de madeira de canto. Sua instalação envolve a união de duas estantes em um ângulo de 45 graus, que deve estar refletido no desenho..

Materiais e ferramentas para a fabricação de estantes

Antes de prosseguir com a fabricação do rack, prepare os materiais e ferramentas necessários:

Segundo os especialistas, para fazer uma estante de alta qualidade, é aconselhável utilizar tábuas de madeira natural. O mais preferido, neste caso, será pinho, carvalho ou mogno. Não é recomendado o uso de tábuas feitas à base de cavacos de madeira, pois são materiais pouco práticos e com vida útil curta. Ao escolher a madeira para a confecção das estantes, é importante garantir que seu teor de umidade não ultrapasse 12%. Antes de fazer o rack, o material utilizado deve ser preparado – tratado com soluções anti-sépticas e impregnações especiais, após o que as placas devem ficar por vários dias na sala onde será feita a instalação.

Além das tábuas de madeira, o seguinte conjunto de materiais e ferramentas será necessário para fazer um rack:

  • Suportes para prateleiras;
  • cantos de metal;
  • barras de madeira, com o auxílio das quais será feita a fixação transversal das prateleiras;
  • pés de móveis com rodízios;
  • Madeira compensada;
  • parafusos auto-roscantes;
  • verniz e pincel para madeira;
  • cola de marceneiro;
  • serra de vaivém elétrica e lixadeira;
  • furar;
  • martelo;
  • fita métrica e lápis, que serão necessários para a marcação.

Como fazer um rack de madeira?

Preparação da base, prateleiras e paredes: consultoria especializada

  • O primeiro estágio das atividades de instalação é a seleção da base inferior. Para a sua confecção selecciona-se uma placa grossa (a sua espessura é seleccionada tendo em conta que pode entrar livremente um parafuso auto-roscante de 3 cm de comprimento). Quanto ao resto dos parâmetros calculados, o comprimento e a largura da placa são iguais ao comprimento e largura máximos do rack que você selecionar. Na parte inferior da base com degrau igual a um metro, os especialistas recomendam pregar barras transversais de comprimento igual à largura. Isso dará à estrutura uma resistência adicional..
  • A próxima etapa é trabalhar nas paredes laterais do rack. Para reduzir o custo da construção, pode-se utilizar compensado espesso no lugar de tábuas, marcando-o de forma que sua largura seja igual à largura da base. A altura da madeira compensada pode ser selecionada de qualquer maneira. Depois de cortar as paredes laterais nas dimensões desejadas, faça marcações para as prateleiras em seu lado interno. Ao mesmo tempo, lembre-se que na maioria das vezes a altura das prateleiras é de 21 e 42 cm. Esses dois valores podem ser alternados, o que permitirá equipar o rack com prateleiras espaçosas e, ao mesmo tempo, bem cuidadas..

  • Em seguida, as prateleiras são cortadas em madeira. Seu comprimento deve corresponder ao interior do rack para que se encaixem perfeitamente e, ao mesmo tempo, se encaixem livremente no rack. A largura das prateleiras corresponde à profundidade do rack. Quanto à espessura das prateleiras, deve ser de pelo menos 2,5 cm, mas os especialistas recomendam fixá-las com barras transversais, o que lhes dará resistência adicional. Você pode usar cravos pequenos regulares para pregar as barras..
  • Depois de cortar as prateleiras, você pode começar a fazer a parede posterior. Para simplificar a tarefa, os especialistas sugerem abandonar a instalação da parede posterior, mas isso somente se você estiver completamente satisfeito com a textura e a cor da parede à qual o rack está adjacente. Caso seja necessária a instalação da parede posterior, esta é cortada de compensado comum de acordo com as dimensões do rack..

Montagem do rack: instruções passo a passo

  • Depois de preparados todos os detalhes, é necessário passar para a próxima etapa crítica na fabricação de uma estante de madeira – a montagem da estrutura. Nesta fase, é importante utilizar vários tipos de fixadores: desde cola de madeira a parafusos e pregos.
  • No primeiro estágio, eles pegam a prateleira mais baixa, que será usada como base, e fixam a parede posterior do rack a ela por meio de parafusos auto-roscantes. Se o projeto de sua estante de madeira para varanda ou outro cômodo não prevê uma parede posterior, comece imediatamente a trabalhar com as paredes laterais. Anteriormente, você já fez as marcações para fixação das prateleiras, o que facilitará as etapas subsequentes de montagem do rack..

  • Em cada uma das marcações paralelas entre si, devem ser fixados suportes especiais de metal ou plástico (dependendo da carga prevista nas prateleiras do rack), sobre os quais as prateleiras serão posteriormente colocadas. Em seguida, por meio de parafusos auto-roscantes, as paredes laterais são montadas na base inferior, observando-se a uniformidade de todos os cantos. Para aumentar a confiabilidade da estrutura, é recomendável usar cantos de metal como elementos de fixação adicionais..

  • Acima, descrevemos uma das opções comuns para prender prateleiras. Não é o único e, em termos de confiabilidade, é inferior ao método que será considerado a seguir. Outra forma mais completa de fixação das prateleiras do rack não envolve suportes de montagem, uma vez que as prateleiras são fixadas diretamente nas paredes laterais. Em primeiro lugar, com parafusos auto-roscantes, as paredes laterais são montadas na base. Então, para lidar com a tarefa com eficácia, você precisará da ajuda de um parceiro, que será a prateleira dentro do rack de acordo com as marcações feitas anteriormente, enquanto você as fixará nas laterais do lado de fora usando parafusos auto-roscantes. Para aumentar a fiabilidade da fixação, é aconselhável fixá-la adicionalmente com cantos metálicos por baixo da prateleira. Ao dar preferência a esse método de fixação das prateleiras, é importante lembrar que, além de maior confiabilidade, é considerado mais complexo e requer medidas ideais do comprimento da prateleira. Durante o processo de instalação, é importante não permitir distorções mínimas, pois elas podem arruinar completamente a estrutura do rack. Para evitar isso, você deve usar o nível do edifício desde o início..

Dicas adicionais para instalação e design de rack

Depois de preparada a parte principal da estrutura, proceda à fixação da tampa, o que dará à futura estante um aspecto acabado e evita que o pó entre na prateleira superior. Os parafusos auto-roscantes também são usados ​​no processo de fixação..

Outra forma de aumentar a confiabilidade da estrutura do rack envolve limpar os orifícios após a perfuração com cola de madeira, o que fornecerá resistência adicional. Recomenda-se a utilização de pernas de móveis sobre rodas como pernas do futuro rack, o que tornará o movimento da estrutura mais conveniente e, ao mesmo tempo, evitará que o rack se incline quando exposto a cargas elevadas.

Se você usou placas de aglomerado ou MDF para a fabricação das estantes, pode dar à estrutura acabada uma aparência mais estética e acabada, colando filme de melamina em todas as extremidades das peças, o que pode ser feito com um ferro comum. A borda é colocada na extremidade, pré-tratada com lixa de grão fino e alisada com ferro quente. Se houver excesso de arestas na borda, elas são removidas com uma faca de escritório..

Para dar originalidade às estantes, algumas estantes podem ser fechadas com portas ou mesmo transformadas em um armário completo. O desenho adicional da prateleira, que lhe dará um efeito decorativo, pode ser feito pintando-a com tinta ou verniz, decoupage ou craquelure. Este último depende apenas de sua imaginação e preferências individuais..

Vídeo de prateleiras de madeira faça você mesmo